Planos de contingência nas escolas

Na abertura das aulas as escolas estão bem equipadas de planos de contingência e esse é, provavelmente, o problema; os planos são demasiado detalhados e inexequíveis. Quem acha possível que os alunos vão, ordeiramente, desinfectar as mãos à entrada e saída das aulas?Quem espera que os toalhetes de papel vão estar ali disponíveis em vez de começarem a aparecer espalhados pelo chão? Quem se surpreende se o desinfectante começar a ser usado em brincadeiras e que os alunos se comecem a “desinfectar” mutuamente? E para professores e funcionários, como se vai conciliar as novas tarefas com carga de trabalho que normalmente já têm.

Por serem demasiado exigentes e detalhados, demasiado “perfeitos”, os planos vão cair em rápido descrédito e vão ser esquecidos ao fim de pouco tempo. Ler mais aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under sociedade

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s