Portugueses entre os que menos falam segunda língua

Se uma grande parte dos portugueses não sabe falar a sua própria língua, é pouco de admirar que não saibam falar uma segunda língua. No entanto eu tinha uma impressão subjectiva diferente em relação ao que se passa noutros países e fiquei surpreendido com o resultado de uma sondagem feita pelo Eurostat, que revela que, para os adultos entre 25 e os 64 anos, só a Hungria fica atrás de nós, entre os países da União Europeia. Antes de saber estes resultados eu diria que ingleses e irlandeses seriam os menos capazes de se expressar noutra língua que não a deles.

Desde há muitos anos que todos os jovens que passam pelo ensino secundário têm que estudar duas línguas estrangeiras. No meu tempo de estudante do liceu estudava-se Francês durante 5 anos e Inglês durante 3 anos e, habitualmente, ficava-se a falar ambas as línguas. A minha experiência pessoal é que, muitos anos depois, tive que exibir os meus conhecimentos de inglês no Consulado Britânico, para obter autorização para ir fazer doutoramento em Oxford; com não mais do que os conhecimentos do ensino secundário, fiz provas de expressão escrita e oral e obtive A em ambas. Parece que hoje em dia o ensino de línguas é menos eficiente, como parece que é menos eficiente todo o ensino, mas acho algo surpreendente que mais de 50% dos adultos declarem não falar segunda língua.

Anúncios

1 Comentário

Filed under sociedade

One response to “Portugueses entre os que menos falam segunda língua

  1. PB

    Desculpe que lhe diga, mas aquele discurso do “no meu tempo ë que era bom” já se tornou ridículo quando usado pelos reformados. espero que não me leve a mal por isso e reflicta nisto.

    Doa a quem doer a geração acima dos 40 está abaixo de cão (há louváveis excepções!). São mais analfabetos, têm uma 4ª classe e acham que sabem tudo etc. As coisas demoram a mudar.
    Outra coisa que se repara em Portugal é uma atitude simpática em relação a quem não domina o português, isto é, a atitude contrária da arrogância dos castelhanos ou a ignorância crassa dos ingleses.
    O facto do português ser uma língua latina só ajuda na aprendizagem doutras línguas latinas, nas palavras inglesas de origem latina ou ainda nas muitas palavras de origem latina que há em muitas áreas científicas.
    Isso de aprender as regras e padrões gramaticais não é o pior. Todavia, lembrar-se e aprender muitas palavras novas completamente desconhecidas e estranhas demora sempre muito mais tempo. É por isso que os portugueses conseguem aprender rapidamente outras línguas latinas. Quando se conhece as palavras é muito mais fácil. Em contrapartida, os húngaros têm de aprender tudo do zero se aprenderem inglès, alemão, espanhol ou qualquer outra língua indo-europeia.
    Também já era tempo dos falantes de português começarem a vender a nossa língua e abandonarmos os complexos de inferioridade.
    Temos a 3ª língua da UE em nº de falantes. Toca a cativá-los que é até uma língua que os estrangeiros acham bonita. Digamos como Fernando Pessoa e passemos à prática!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s