Medidas de austeridade

Até agora fomos passando pela crise de forma relativamente pouco dolorosa mas os sofrimentos que nos foram poupados nos últimos anos são-nos exigidos agora. Poderia ter sido de outra forma? Certamente que sim, mas ninguém estará em condições de assegurar que outra forma tivesse sido menos penosa. Acima de tudo importa-me que os sacrifícios sejam distribuídos por todos, de forma razoavelmente equitativa, e julgo que o pacote de medidas que foi hoje anunciado é suficientemente equitativo. Julgo que temos muito que agradecer a Pedro Passos Coelho as pressões que fez para que o Governo apresentasse este pacote, o que revela alguns méritos de um Governo sem maioria parlamentar.

Anúncios

2 comentários

Filed under sociedade

2 responses to “Medidas de austeridade

  1. Clara Lami

    Só os que têm menos sentirão na pele as medidas de austeridade. Nos grandes ordenados a coisa torna-se quase imperceptível. Se o corte fosse bem maior nos vencimentos muito elevados e nas empresas com grandes lucros… talvez nem fosse preciso aumentar o IVA. Reparem: um vencimento de 3.000 euros sofre uma redução de 45.00 euros. Isto é alguma coisa que faça alguém SENTIR que tem de fazer contenção? Não brinquemos.

  2. Hugo Ferreira

    Concordo a 100% com esta opinião…e dou os meus parabens ao Pedro Passos Coelho pela seu «comportamento» em prol do estado e não do PSD.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s