Gel desinfectante para quê?

Há um ano as autoridades sanitárias mundiais disseram-nos que era essencial desinfectar as mãos, muitas vezes por dia, para evitar o contágio pelo vírus da gripe A; também foram aquelas autoridades que levaram os governos em investir maciçamente na compra de vacinas específicas para evitar a pandemia.

Quanto às vacinas já tínhamos ouvido e lido que as pessoas não aderiram às campanhas e que sobraram muitos milhares de vacinas, mesmo depois de se alargar a vacinação para além dos grupos de risco. Resultado; um enorme desperdício, porque se veio a verificar que a incidência desta gripe não foi diferente da habitual para a gripe sazonal.

Agora ficamos a saber, através de uma comunicação feita num congresso no domingo passado, citada pelo Diário de Notícias, que também a desinfecção das mãos teve um efeito muito marginal. Enquanto as pessoas que desinfectaram regularmente as mãos forma contagiadas numa taxa de 12%, aquelas que não o fizeram tiveram uma taxa de 15%. O mesmo jornal diz que os portugueses gastaram cerca de 9 milhões de euros na compra de gel desinfectante o qual, afinal, serviu para quase nada.

Depois dos alarmes relativos à doença das vacas loucas, da gripe das aves e da gripe A, que novo alarme prepara a Organização Mundial de Saúde para benefício, afinal, dos laboratórios farmacêuticos?

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under Uncategorized

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s