Carro da empresa

Há direito de que a empresa Águas de Portugal forneça carros de luxo a cerca de 400 quadros médios e superiores, carros para uso de serviço e particular? Segundo o Correio da Manhã de hoje, estes carros são adquiridos em regime de aluguer e já este ano foram substituídos mais de 30. Que uma empresa privada, que dá lucro, resolva atribuir carros a alguns dos seus quadros mais importantes é razoável mas uma empresa pública, em situação financeira dita débil?

Se cada um destes carros custar, em média, 20 mil euros por ano, o que parece razoável já que um deles gastou, só em combustível, 7 mil euros, o gasto é de 8 milhões de euros. Note-se que não estão aqui considerados os carros verdadeiramente de serviço, como carrinhas de piquete. Poderia admitir-se que, sendo quadros de uma qualidade excepcional, a empresa teria que segurá-los atribuindo-lhes benefícios para além da remuneração; mas a empresa vive momentos difíceis e é uma empresa pública. Cancelem-se os alugueres, entreguem-se os carros e poupam-se 8 milhões de euros; se os quadros resolverem sair, é provável que apareçam outros mais capazes.

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under sociedade

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s