Iluminação LED doméstica

Já há algum tempo que venho procurando substituir todas as lâmpadas incandescentes da casa pelas chamadas lâmpadas economizadoras; neste processo encontro duas dificuldades principais: primeiro, a maior parte das lâmpadas que tenho que substituir são do tipo chama, colocadas em candeeiros, e não é fácil encontrar lâmpadas economizadoras que caibam nas campânulas de vidro, segundo, gosto que a côr da luz seja semelhante à das lâmpadas incandescentes, por isso só me interessam as lâmpadas com indicação “branco quente” ou “2700K”.

Recentemente encontrei uma alternativa nas lâmpadas LED como a da figura; são lâmpadas de 2,9 W, com uma intensidade luminosa equivalente a uma incandescente de 36 W. É certo que me custaram cerca de 6 euros cada, que é cerca do dobro do preço mais baixo a que se conseguem as economizadoras, mas o consumo é cerca de metade, a duração é muito superior e são muito pequenas. Não as encontrei à venda por cá, tive que comprar pela internet.

Anúncios

3 comentários

Filed under sociedade

3 responses to “Iluminação LED doméstica

  1. Roberta Cavalcanti

    Sou Design de interiores e adorei a dica. Usarei no meu projeto atual!
    Obrigada!!!

  2. Pilar Mendez

    Obrigado pela informação eu tenho o mesmo problema.É pena serem tão caras e com a crise não sei se o dinheiro chega para tudo.

    • Luis Assunção

      Tem graça que comigo se tem passado a mesma coisa. De facto, a maioria das lâmpadas economizadoras têm o casquilho muito grosso que não cabe nos suportes tradicionais das lâmpadas incandescentes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s