Sanção por défice excessivo

Os ministros das finanças da União Europeia chegaram a um difícil acordo sobre as sanções a aplicar a países que apresentem défice excessivo. As sanções do acordo alcançado não são tão duras como alguns preconizavam, entre eles o Presidente do BCE.

Ainda gostava que me explicassem como é que multas e reduções de financiamento vão resolver o problema daqueles países que não conseguem equilibrar as suas contas; ou eu sou muito ingénuo ou as multas vão dificultar ainda mais a situação financeira desses países. Bem sei que a macro-economia tem grandes diferenças da micro-economia e longe de mim tentar compreendê-la quando os economistas não o conseguem, mas tenho a tentação de comparar as finanças de um estado às de uma família. É fácil de ver que uma família que se encheu de dívidas, que já não consegue pagar, não vai ficar melhor se lhe reduzirem os salários ou aumentarem os impostos; da mesma forma se passa com os estados, penso eu!

Quer isto dizer que os não-cumpridores devem ficar impunes? Certamente que não, embora eu não saiba dizer quais seriam as punições eficazes. Pelo que se vê, também os ministros das finanças não sabem! Bem, para ser inteiramente justo, também forma propostas sanções políticas que podem surtir algum efeito.

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under Uncategorized

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s