Galiza afasta-se do norte de Portugal

A Galiza não está a ficar mais longe do Minho. De facto, com as auto-estradas actuais, de ambos os lados da fronteira, é hoje muito fácil transitar entre as principais cidades das duas regiões. A fronteira entre Portugal e Espanha é quase imperceptível quando se viaja de automóvel; é claro que é preciso atravessar o rio Minho por uma das quatro travessias existentes mas nada, para além da placa azul ao lado da estrada, nos mostra que passámos de um país para outro.

A paisagem rural é muito semelhante dos dois lados, bem como são semelhantes as pessoas e a língua, mas as estatísticas não mentem e o rendimento per capita dos galegos tem aumentado de forma mais sustentada do que o dos minhotos e do lado de lá da fronteira há mais indústria. Estas conclusões retiram-se do anuário produzido pelos Observatório das Dinâmicas Regionais da Comissão de Coordenação da Região Norte e pelo Instituto Estatístico da Galiza (IEG). Ler a notícia completa no Público.

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under sociedade

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s