Noticiários da TSF

Tornei-me ouvinte habitual da TSF por altura dos episódios de Timor, quando esta estação fez uma cobertura excepcional do que se passava naquele território, nos momentos que antecederam a sua independência. Depois disso agradavam-me sobretudo os noticiários todas as meias horas, que me permitiam saber as últimas notícias rapidamente. Hoje em dia as coisas mudaram, porque os noticiários da TSF passaram a ser peças de um amadorismo confrangedor e desesperante.

O noticiário das 8 horas de hoje durou 15 minutos, dos quais 11 foram dedicados à situação no Egipto e os restantes a duas notícias de futebol. Metade do tempo foi ocupado com o som “aaaaaaa…”, que a jornalista usou para preencher os intervalos em que pensava no que ia dizer a seguir. Repetiu várias vezes os mesmos pedacinhos de informação, disse que nessa altura eram 6 horas no Egipto quando, de facto, eram 10 horas e ainda disse que o Presidente da República tinha assegurado que não havia problemas com portugueses; mas na peça com a voz do Presidente, que passou a seguir, ouviu-se que este “não tinha informação” de problemas envolvendo portugueses.

Já aqui há tempos me queixei dos noticiários da TSF; na altura intitulei o artigo “A gaguez crónica da TSF”. É que não se trata de um único locutor gago; é toda uma escola de locutores da estação que aprendeu a gaguejar, a dizer “aaaaa…”, etc. É enervante ouvir certos noticiários!

Anúncios

4 comentários

Filed under sociedade

4 responses to “Noticiários da TSF

  1. miguel louro

    como se.chamam esses locutores gagos da TSF? São péssimos profissionais irresponsaveis que não se interessam pelo que deveriam estar . Hoje até trocou taxa de infla ção (4%) pela taxa de desemprego (13%). Uma sorte que não os escutam.
    ,

  2. Nuno

    Mas gostou ou não da entrevista? Ou pelo menos das respostas?
    N.

    • José B. Almeida

      Caro Nuno Peres,

      Não percebo a questão. Neste noticiário de 15 minutos houve 3 notícias: 11 minutos da situação no Egipto e mais 2 notícias de futebol; não sei a que entrevista se refere.

      Um abraço,
      José B. Almeida

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s