Passagem para Lisboa

Passagem para Lisboa, de Ronald Weber, é um conjunto de histórias e episódios, relativos à população estrangeira que habitou ou passou por Lisboa durante a Segunda Guerra Mundial. Sendo Portugal um país neutro, Lisboa era a única porta aberta da Europa para o Atlântico, o que fez que fosse tomada de assalto por refugiados do regime nazi, mas também por espiões de ambos os lados do conflito e jornalistas, que ali conseguiam acesso a informações não disponíveis noutras cidades.
Esta população de estrangeiros movia-se num mundo à parte da população local, com pouca interacção mútua. Se para muitos foram tempos difíceis, em que viveram grandes dificuldades, também havia aqueles que se divertiam, jogavam no casino e passavam os serões em festas elegantes. A política do governo de Salazar também não é esquecida pelo autor, que nos ajuda a perceber os zig-zagues destinados a manter um equilíbrio difícil entre os beligerantes.

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under Uncategorized

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s