Lost Empire

Penso que Clive Cussler, como outros autores de best sellers, deve ter uma indústria bem montada de produção de romances; imagino que tenha uma boa colecção de referências e uma excelente base de dados, dos quais se servem uns tantos escritores estagiários para escrever os romances em que Cussler aparece como autor principal e, em letra pequena, aparece o nome do verdadeiro autor do livro, neste caso Grant Blackwood. Não tenho nenhuma base concreta para fundamentar estas suposições mas é assim que imagino que a máquina funciona.

No caso presente trata-se de uma aventura protagonizada pelo casal de mergulhadores Sam e Remi Fargo, os quais, num canal junto à costa de Madagáscar, descobrem um sino de navio que  tem gravados símbolos aztecas e que os coloca sob a mira do presidente do México, o qual lança no seu encalço um perigoso assassino. A acção desenrola-se em África e na Indonésia e envolve a decifração de códigos baseados na sequência de Fibonacci, receita que vem sendo usada por vários autores recentes. O casal desembaraça-se bem das situações de perigo e mantém uma certa dose de humor, mesmo quando as coisas parecem correr para o torto.

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under Uncategorized

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s