Oa Anagramas de Varsóvia

os-anagramas-de-varsoviaEste foi o segundo romance que li de Richard Zimler e gostei de ambos. Neste caso somos levados ao gueto de Varsóvia, durante a primeira guerra mundial, e ficamos com uma ideia da vida que levavam quatrocentos mil judeus, confinados a uma pequena “ilha” na cidade, privados de quase tudo quanto é básico para a sobrevivência. A morte de algumas crianças do gueto, que apareceram no arame farpado com partes do corpo arrancadas, leva a a uma investigação por parte do tio de uma delas, com suspeitas de haver alguém, dentro do gueto, com responsabilidades no caso.

A história é contada por um judeu, a quem foi ditada pelo fantasma do homem que procedeu às investigações, o qual o visitou para esse fim. No entanto a narrativa usa muitos anagramas e menções cabalísticas, para as quais as notas de rodapé nem sempre dão explicação completa. No fim fica ao critério do leitor a decisão sobre o que será ou não verdade ou mesmo verosímil.

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under Uncategorized

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s