Ruas Escuras

ruasescurasMartina Cole criou, em Ruas Escuras, um romance policial, naquele bom estilo em que o leitor é surpreendido, no fim, com a identidade do criminoso, de quem nunca suspeitou. Trata-se de um assassino em série, que começa a matar prostitutas de elite, torturando-as barbaramente e limpando escrupulosamente todas as pistas. Onde me parece que o romace falha é na exploração exaustiva da relação entre a investigadora reformada, Kate Burrows, e o manda-chuva do mundo do crime, Patrick Kelly. Entre os dois existe, há muito, uma relação de respeito mútuo, apesar dos mundos opostos em que se movimentam, mas essa relação é interrompida quando Kate percebe que há uma ligação de Patrick com os primeiros homicídios. Os dois percebem, rapidamente, que precisam um do outro e a autora explora repetidamente esse sentimento, de uma forma que se torna cansativa.

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under Uncategorized

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s