Tag Archives: Richard Zimler

O Evangelho Segundo Lázaro

LazaroA vida de Jesus e de Lázaro, narrada por este último a um neto, 30 anos depois da crucificação do primeiro. Trata-se de uma ficção, naturalmente, mas é uma leitura absorvente. Para a Igreja Católica este livro é certamente herético, sobretudo porque Jesus é apresentado como um homem, com mãe e pai humanos, embora com uma relação especial com Deus.

Contrariamente aos Evangelhos católicos, a narrativa não se centra em milagres mas gira à volta da vida diária dos personagens, o que é interessante em si próprio.

Deixe um comentário

Filed under Uncategorized

Oa Anagramas de Varsóvia

os-anagramas-de-varsoviaEste foi o segundo romance que li de Richard Zimler e gostei de ambos. Neste caso somos levados ao gueto de Varsóvia, durante a primeira guerra mundial, e ficamos com uma ideia da vida que levavam quatrocentos mil judeus, confinados a uma pequena “ilha” na cidade, privados de quase tudo quanto é básico para a sobrevivência. A morte de algumas crianças do gueto, que apareceram no arame farpado com partes do corpo arrancadas, leva a a uma investigação por parte do tio de uma delas, com suspeitas de haver alguém, dentro do gueto, com responsabilidades no caso.

A história é contada por um judeu, a quem foi ditada pelo fantasma do homem que procedeu às investigações, o qual o visitou para esse fim. No entanto a narrativa usa muitos anagramas e menções cabalísticas, para as quais as notas de rodapé nem sempre dão explicação completa. No fim fica ao critério do leitor a decisão sobre o que será ou não verdade ou mesmo verosímil.

Deixe um comentário

Filed under Uncategorized

A Sentinela

A sentinelaRichard Zimler vive há muito tempo em Portugal e é um bom observador da sociedade Portuguesa; desta vez oferece-nos um romance policial recheado de personalidades complexas, passado no Portugal de hoje. Classificar esta obra como policial é redutor, porque muito do seu interesse está, por um lado, na descoberta que o leitor vai fazendo das personagens, por outro na denúncia de políticos corruptos, que não temos dificuldade em associar àquela que realmente temos no nosso país. O investigador principal, Monroe, é, de facto, nascido no Colorado, filho de mãe portuguesa e com uma infância problemática, a qual continua a marcá-lo no presente.

Deixe um comentário

Filed under Uncategorized