Tag Archives: romance

A Fúria das Vinhas

A-Furia-das-VinhasFrancisco Moita Flores quis contar a história da luta contra a filoxera, nas vinhas do Douro, e, bem assim, da Ferreirinha, que teve um papel primordial nessa luta.

Aproveitando os conhecimentos que adquiriu durante a sua passagem pela Polícia Judiciária, o autor cria uma ficção, envolvendo crimes de morte, que serve o propósito de aumentar o interesse da narrativa. O livro é uma leitura interessante e agradável, seja pelo lado histórico seja pelo lado ficcional.

Deixe um comentário

Filed under Uncategorized

A Mão do Diabo

A MÃO DO DIABODesta vez José Rodrigues dos Santos resolveu oferecer-nos uma lição de macro-economia em linguagem simples e pedagógica, o que consegue fazer bastante bem. O autor revela, no entanto, que este aspecto do livro não é da sua autoria mas que apenas incorporou as opiniões de especialistas que consultou; seja como for, parece-me que resulta. Nada mais resulta no livro, porque o enredo é verdadeiramente medíocre, porque quando entende inserir algum romance é patético e porque quando tenta denunciar a alta corrupção internacional só consegue apresentar casos relacionados com Portugal.

1 Comentário

Filed under Uncategorized

Não te Mexas


Imagem

Um cirurgião, com uma carreira de sucesso, vê-se, de repente, confrontado com um acidente grave da filha adolescente, que está no seu hospital sob os cuidados de um colega. Enquanto espera pelo resultado da operação, passa em revista o ano do nascimento da filha, imaginando-se a fazer-lhe uma confissão.

Naquele ano ele tinha-se apaixonado perdidamente por uma prostituta e esteve prestes a deixar a vida confortável de que desfrutava para viver com ela, o que acabou por não acontecer devido a contingências várias.

Margaret Mazzantini faz a narrativa alternar entre o tempo presente e tempos passados, estes nem sempre por ordem cronológica, e isso ajuda o leitor a perceber o estado psicológico do narrador e os dilemas com que se confrontou naquele ano determinante da sua vida. Toda a história se desenrola em Itália, como seria de esperar dada a nacionalidade da autora, e proporciona uma leitura muito agradável.

Deixe um comentário

Filed under Uncategorized

Lost Empire

Penso que Clive Cussler, como outros autores de best sellers, deve ter uma indústria bem montada de produção de romances; imagino que tenha uma boa colecção de referências e uma excelente base de dados, dos quais se servem uns tantos escritores estagiários para escrever os romances em que Cussler aparece como autor principal e, em letra pequena, aparece o nome do verdadeiro autor do livro, neste caso Grant Blackwood. Não tenho nenhuma base concreta para fundamentar estas suposições mas é assim que imagino que a máquina funciona.

No caso presente trata-se de uma aventura protagonizada pelo casal de mergulhadores Sam e Remi Fargo, os quais, num canal junto à costa de Madagáscar, descobrem um sino de navio que  tem gravados símbolos aztecas e que os coloca sob a mira do presidente do México, o qual lança no seu encalço um perigoso assassino. A acção desenrola-se em África e na Indonésia e envolve a decifração de códigos baseados na sequência de Fibonacci, receita que vem sendo usada por vários autores recentes. O casal desembaraça-se bem das situações de perigo e mantém uma certa dose de humor, mesmo quando as coisas parecem correr para o torto.

Deixe um comentário

Filed under Uncategorized

In the Midnight Rain

Ellie Connor escreve biografias de músicos e vai investigar os factos que rodearam o súbito desaparecimento de uma cantora de blues, na altura em que a sua carreira estava em plena ascensão e ela poderia tornar-se uma estrela nacional. Secretamente Ellie pretende também descobrir quem foi o seu pai, já que a sua mãe foi uma hippie que morreu de overdose, mas que passou o verão antes do seu nascimento precisamente na cidade onde as investigações se desenrolam.

Este romance de Barbara Samuel tem um crescendo de mistério que torna a leitura compulsiva, a partir de certo ponto, e está cheio de personagens secundárias interessantes. O ambiente é o do sul dos Estados Unidos, onde já não há segregação mas estão presentes as memórias dos tempos em que ela era lei. Há, naturalmente, uma história de amor entre Ellie, a biógrafa, e o homem em cuja propriedade se hospedou, um biólogo algo excêntrico, extremamente charmoso e galante. O crescendo do mistério poderia conduzir a um final empolgante mas não é isso que acontece e o final acaba por ser relativamente previsível. Um livro muito bom de ler, no entanto.

Deixe um comentário

Filed under Uncategorized

Night Smoke

Crime, investigação policial e romance são ingredientes capazes de fazer um bom cocktail; neste caso a quantidade do último componente da mistura é algo exagerada para o meu gosto.

O crime é fogo posto, não há mortes, a descrição das cenas de sexo é contida, por contraposição às descrições de sedução.

Deixe um comentário

Filed under Uncategorized

Inocência Perdida

Inocência Perdida é um  romance de suspense passado na América sulista dos tempos modernos, onde ainda perduram preconceitos raciais. Não é por acaso que a autora, Nora Roberts, tem mais de sessenta best sellers, é porque os seus romances são daqueles que prendem o leitor do princípio ao fim; neste caso há uma série de mulheres assassinadas de forma particularmente brutal e sádica e, ao bom estilo dos romances policiais, só próximo do fim começa a perceber-se quem é o assassino.

A história desenvolve-se numa pequena cidade de província, onde todas as pessoas se conhecem e as relações de amor e ódio não permitem uma visão desapaixonada, quer das autoridades quer dos membros da população. A vinda de um investigador do FBI não torna as coisas muito mais fáceis, em parte devido ao seu carácter presunçoso. Apetecia-me, mas não posso, levantar um pouco do véu.

Deixe um comentário

Filed under Uncategorized